WHO LOGO

Central Data Catalog

Citation Information

Type Journal Article - Recife
Title Desigualdades socioeconômicas em saúde no Brasil: resultados da Pesquisa Mundial de Saúde, 2003
Author(s)
Volume 5
Issue Supl 1
Publication (Day/Month/Year) 2005
Page numbers 11-22
URL http://web.unifoa.edu.br/portal/plano_aula/arquivos/04621/Desigualdades Socio-economicas em​saude.pdf
Abstract
Objetivo: como parte do projeto da Organização
Mundial da Saúde de avaliação de desempenho dos
sistemas de saúde das nações, a Pesquisa Mundial de
Saúde (PMS) foi realizada no Brasil, em 2003. O
presente trabalho tem o objetivo de apresentar algumas
evidências de desigualdades socioeconômicas em saúde
por meio das informações coletadas na PMS brasileira.
Métodos: o inquérito populacional foi realizado em
5000 domicílios, selecionados por amostragem probabilística.
Para examinar as desigualdades socioeconômicas,
três variáveis foram consideradas: grau de
escolaridade; número de bens do domicílio; e situação
de trabalho. Mediante modelos de regressão logística,
foram identificados os determinantes da auto-avaliação
de saúde boa e das coberturas de exame ginecológico e
mamografia. Quanto ao desempenho do sistema de
saúde, o atendimento foi avaliado de acordo com as
expectativas do usuário.
Resultados: constatou-se acentuado gradiente social
no estado de saúde bem como na cobertura dos exames
preventivos de saúde entre as mulheres. Comparando-se
a avaliação do atendimento por forma de pagamento, o
percentual de avaliação "boa" foi sempre menor para os
usuários do SUS, para qualquer um dos aspectos avaliados.
Conclusões: as desigualdades em saúde aqui evidenciadas
devem ser consideradas para subsidiar as
políticas públicas e ações do sistema de saúde que
atendam as reais necessidades da população, voltadas à
superação da exclusão social.

Related studies

»
© WHO 2019