Normas para o Diagnóstico, Tratamento e Controlo da Hipertensão Arterial e Outros Factores de Risco Cardiovasculares - Moçambique. Ministério da Saúde, 1º Edição, 2011
(2011; 23 páginas)

Abstract

A Hipertensão Arterial é um factor de risco cada vez mais prevalente na África Sub-Sahariana em geral e em Moçambique em particular. Um estudo feito em 2005 e recentemente publicado mostra que mais de um terço da população adulta Moçambicana tem uma pressão arterial igual ou superior a 140/90 mm Hg. Por outro lado assiste-se ao crescente aumento das doenças motivadas pela hipertensão arterial e pelos outros factores de risco das doenças cardiovasculares como os acidentes cérebro-vasculares, a insuficiência cardíaca e os enfartes agudos do miocárdio. A hipertensão arterial é já um importantíssimo motivo de consulta externa e de internamento nas unidades sanitárias do Serviço Nacional de Saúde.

Por todas estas razões era imperioso criarem-se normas para o diagnóstico, tratamento e controlo da hipertensão arterial no nosso País.

As normas agora elaboradas baseiam-se na evidência científica mais recente e estão adaptadas à realidade do nosso País – Prioridade para a prevenção quer primária quer secundária e utilização racional dos poucos recursos humanos e materiais disponíveis. Foram produzidas e discutidas pelos especialistas nacionais da área. Deverão ser implementadas a todos os níveis do Serviço Nacional de Saúde como um instrumento normativo que deve ser seguido por todos independentemente do seu grau académico ou do seu nível de responsabilidade. Elas não são estáticas, novas versões deverão ser produzidas desde que novos conhecimentos e novas evidências científicas surjam que nos obriguem a tal.

Esperamos que se transformem num instrumento útil para o combate à epidemia das doenças não transmissíveis que se adivinha.

 
The WHO Essential Medicines and Health Products Information Portal was designed and is maintained by Human Info NGO. Last updated: June 25, 2014