Files in This Item:
   
ThumbnailAFR_RC66_5-por.pdf

View/Open

Title: Estratégia regional de saúde oral 2016 – 2025: combater as doenças orais no contexto das doenças não transmissíveis: Relatório do Secretariado
Authors: Comité regional para a África, 66
Issue Date: 2016
Publisher: Organização Mundial da Saúde. Escritório Regional para a África
Place of publication: Brazzaville
Language: Portuguese
Abstract: 1. Na Região Africana, de entre as Doenças Não Transmissíveis (DNT) as doenças orais são das mais comuns e podem afectar as pessoas ao longo da sua vida, causando dor, desfiguração e até a morte. Partilham dos factores de risco das principais DNT, nos quais se incluem o tabagismo, consumo nocivo de álcool e regimes alimentares pouco saudáveis com elevados teores de açúcar, que têm vindo a aumentar na Região. 2. As doenças orais têm um impacto negativo sobre a qualidade de vida das pessoas afectadas, enquanto o seu tratamento constitui um encargo económico significativo para as comunidades e os indivíduos. Atendendo à distribuição desigual de profissionais de saúde oral e à falta de instalações apropriadas, a maior parte das doenças orais continuam a não ser tratadas na Região. Muitos países não possuem sequer uma política nacional de saúde oral e confrontam-se com uma carência de profissionais de saúde neste domínio. 3. Apesar dos esforços e compromissos assumidos a nível nacional com vista à efectiva implementação de intervenções durante a década passada, os progressos realizados para aliviar o peso das doenças orais de uma forma equitativa e integrada continuam a ser mais lentos do que se esperava. A dinâmica das DNT tanto a nível mundial como regional constitui uma oportunidade única para que os países transformem a saúde oral numa prioridade e, assim, contribuam directamente para a redução das DNT e dos seus factores de risco partilhados. 4. A estratégia proposta centra-se em 4 objectivos e pretende atingir 5 metas de saúde oral na concretização da prevenção e do controlo das doenças orais na Região Africana da OMS. O documento contém um conjunto de acções prioritárias nas quais se incluem a intensificação da promoção da causa, a liderança e a actuação multissectorial, a redução de factores de risco comum, o reforço dos sistemas de saúde, a melhoria da vigilância integrada da saúde oral e a quantificação dos progressos realizados assim como a realização de investigação relacionada com doenças orais. 5. O Comité Regional analisou e aprovou a presente estratégia e as medidas propostas.
Description: Ponto 7 da ordem do dia, 10 p.
Keywords: Doenças não transmissíveis
Subject: Saúde Bucal
Doença Crônica
Erradicação de Doenças
Context: prevenção & controle
Gov't Doc #: AFR/RC66/5
URI: http://www.who.int/iris/handle/10665/250989
Other Language Versions: français
English
Appears in Collections:Regional Committee for Africa



Items in WHO IRIS are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.